Amor Próprio


Clique aqui e confira mais detalhes sobre Amor Próprio

O amor próprio deve ser o escudo diário que lhe protegerá da maldade alheia. Não abra mão de tê-lo atrelado a você. Não permita que o outro te deixe onde ele lhe colocou, desprenda-se, renove-se, reinvente-se, não atenda a necessidade dos outros.


Viva no seu tempo, em seus padrões e de acordo com seus limites. Diga NÃO quantas vezes for preciso e SIM sempre que necessário. Ceda quando lhe for conveniente, mas seja inflexível todas as vezes que isso for corromper a sua essência e a sua originalidade.


Somos resultado de tudo que escolhemos ser e do que permitimos que os outros façam conosco. Portanto, seja vigilante, cauteloso, respeitoso e digno com o seu EU.